12.10. 2015

Astrologia e relacionamentos

Como sabemos, a astrologia é um campo da ciência que descreve e explica fenómenos no universo. Muitas culturas, ao longo da história, tentaram prever o futuro através das estrelas, planetas, etc. A astrologia analisa essencialmente a relação entre a Terra (e avida nela) e os planetas ou corpos celestes presentes no nosso sistema solar.

Astrologia e relacionamentos

Um frequente objeto de interesse na astrologia é, por exemplo, a lua e os fenómenos naturais relacionados (como os maremotos), mas também o seu impacto na mente humana e nos relacionamentos. No que respeita aos relacionamentos, esta secção é ligeiramente mais complexa.

Existe um grande número de fatores que afetam as relações humanas – quer seja uma relação entre parceiros, amigos ou no local de trabalho. É, portanto, claro que a astrologia por si só não as pode definir corretamente. Mas pode, a partir da posição dos planetas e outros aspetos definir, os seus pressupostos. Graças às estrelas e aos horóscopos podemos determinar, por exemplo, a tendência de um relacionamento entre duas vezes e a sua perspetiva para o futuro, se soubermos os seus signos do zodíaco. Por exemplo, sabemos que, se um Vénus se fixa num aspeto negativo, pessoas nascidas em Touro tem tendência para a agressão, e portanto pode ser difícil aguentar com eles.

Um dos maiores fatores que afeta os nossos relacionamentos é a genética. Quer gostemos ou não, temos determinada informação codificada nos nossos genes. Esta informação afeta não só a nossa constituição física mas também o nosso comportamento. A evolução é responsável pela definição de um determinado modelo de relações modernas (embora anteriormente fosse diferente). Se, devido a várias circunstâncias, o relacionamento se desvia do modelo, nenhuma das partes pode ser feliz. Na prática isto significa que eles não estão a agir de acordo com o que está escrito na sua informação genética. Astrologias e horóscopos podem intervir aqui. Através destes os indivíduos podem obter instruções e conselhos sobre como se comportar em situações específicas, e assim os relacionamentos permanecem em harmonia.

O horóscopo também vai ajuda-lo a entender os princípios básicos de como determinar, prever e entender outras pessoas com base no seu destino, através da posição dos planetas e assim escolher um parceiro adequado. Mas primeiro você tem de compreender-se a si próprio. Defina os seus objetivos que o satisfazem e foque-se neles. Se você não é feliz as pessoas à sua volta também não o poderão ser. Resumindo, se você quer viver uma relação harmoniosa e ser capaz de tirar partido de cada oportunidade que surja, você deve saber o que mudar ou do que quer alcançar. É aqui que a astrologia pode ser útil.

Para mais informação sobre horóscopo e parceiros pode visitar a nossa secção Horóscopos e relacionamentos. Você irá saber como se relacionar em combinação com os outros signos do zodíaco. Quem poderia ser o tal, e com quem você não teria uma relação muito harmoniosa.

 

Escreva-nosFacebookGoogle+